Início >> Noticia >> Ações do 'Territórios pela Paz' começam a beneficiar a população do Guamá
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Ações do 'Territórios pela Paz' começam a beneficiar a população do Guamá

Depois dos bairros Cabanagem, Benguí, Icuí-Guajará, Nova União e Terra Firme, todos na Região Metropolitana de Belém, o programa Territórios pela Paz, promovido pelo Governo do Pará, chega ao bairro do Guamá. O início da programação foi na manhã desta segunda (23), na Praça Frei Daniel, localizada na rua Intendente Dr. Virgílio Mendonça com a Travessa Guerra Passos.

O programa promove ações integradas das instituições governamentais para coibir crimes e potencializar ações sociais, consolidando as políticas de Estado em áreas definidas pelo setor de planejamento, e também com base nos dados levantados pela inteligência e análise criminal.

A atuação dos órgãos de segurança no bairro do Guamá ocorrerá em três fases. A primeira, de ocupação, realizada a partir de hoje até 2 de outubro; a segunda, fase de estabilização, será no dia 3 de outubro e a última fase, de aproximação, será realizada de 16 a 30 de outubro. Mais de 300 agentes de segurança e quase 120 veículos (entre viaturas e motocicletas), além da Cavalaria, serão empregados nas operações.

"Desde o início do ano nós ja reforçamos a segurança no Guamá, e apesar do episódio lamentável em maio, o bairro tem apresentado redução da criminalidade. Os números mostram isso. Tanto nos casos de roubo, homicídios e latrocínios. O que a gente pretende é fazer com que a população perceba a presença da polícia, a ostensividade policial, para que possa sair às ruas, sentar na frente de suas casas", ressaltou o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado.

Entre os moradores, as expectativas são positivas. Lia Menezes já percebe a presença da polícia nas ruas, e com a chegada do TerPaz acredita que vai melhorar ainda mais. "Eu espero que se faça um bom trabalho no nosso bairro, porque nós precisamos realmente disso. A violência aqui já vem diminuindo, e nós acreditamos que tudo dará certo", afirmou.

Polícia Militar - Visando garantir a ordem pública, a segurança no bairro do Guamá será intensificada, sempre buscando a prevenção de práticas delituosas e resguardando a população. Isso será possível por meio de ações ostensivas de policiamente em áreas mapeadas, onde a criminalidade apresentou maior número de ocorrências. A atuação da Polícia Militar será realizada nas três fases. Na terceira, ocorrerá a implementação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), ministrado para jovens pela Polícia Militar.

Dentre as operações que serão postas em prática pela PM estão Disque Denúncia, na qual os agentes apuram informações repassadas pelo canal 181, e a operação para cumprimento de mandado de prisão, que contará com o apoio da Polícia Civil. Haverá ainda suporte aos agentes do Departamento de Trânsito (Detran) na operação barreira.

"No choque operacional no Guamá teremos o reforço de outras unidades, que naturalmente não atuam aqui no bairro. Como as topas de Comando Especiais, do Batalhão Águia, que é o nosso batalhão de motos, enfim, todo um reforço policial que vai saturar o bairro do Guamá”, explicou o comandante-geral da PM, coronel Dilson Júnior.

Cooperação - A Polícia Civil cumprirá mandados judiciais e fará atendimento social, oferecendo ainda o atendimento de uma Delegacia da Mulher (Deam) itinerante. Nas ações do Terpaz, a Polícia Civil também contribui com investigações, levantamento e análise criminal para o planejamento das operações, e coopera com os demais órgãos de segurança presentes nas ações. “A Seccional do Guamá está agora com plantão completo, 24 horas, o que facilitará o tempo de resposta das apresentações, ao mesmo tempo em que estaremos focados nas investigações, principalmente quanto ao tráfico de drogas e homicídios. A Delegacia da Mulher também estará funcionando dentro da delegacia do bairro, para que possamos atender casos de violência doméstica e muitos outros, caso venham a acontecer”, informou Marco Antônio Duarte, diretor de Polícia Metropolitana.

Orientação e fiscalização - Durante a atuação do TerPaz no Guamá, o Corpo de Bombeiros Militar prestará serviços de orientação, como prevenção contra incêndio e pânico, visitas a residências e comércios locais; prevenção a acidentes domésticos e demonstração de salvamento, além de realizar vistorias em bares e demais estabelecimentos e apresentar o Projeto Escola da Vida para a população.

“Por meio de palestras em escolas, centros comunitários, a gente acredita que será possível informar a população sobre dicas de segurança para a prevenção de acidentes domésticos, que nós percebemos que sempre estão presentes”, disse o subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Costa.

O Departamento de Trânsito do Pará, por meio da “Operação Barreira”, fiscalizará veículos em geral, para identificar irregularidades administrativas, infrações de trânsito e adulteração veicular. A operação, que conta com o apoio da Guarda Municipal de Belém e da Polícia Militar, será desempenhada ao longo de todas as fases da segurança.

 

Fonte: Agência Pará